Como Calcular Juros Simples em Minutos?

No artigo de hoje vamos aprender como calcular juros simples em minutos!

Pois no mundo moderno, lidamos com esse tipo de operação matemática todos os dias e seu entendimento é fundamental para que possamos viver bem e compreender as informações financeiras que nos cercam.

A multiplicidade de questões que envolvem o cálculo dos juros simples é enorme.

Dessa forma, acreditamos que a leitura desse artigo será fácil, rápida e agradável, onde o leitor saberá ao certo como calcular juros simples em minutos.

O Que é Juros e Juros Simples

Para que possamos explicar corretamente como calcular juros simples em minutos, precisamos antes explicar em si o que é juros! Portanto, deixamos a pergunta:

“O que é juros?”

Na verdade o termo é muito antigo e sua origem remonta de tempos arcaicos onde as pessoas alugavam o dinheiro, pois ainda não existiam instituições bancárias, e quando eram obrigadas a devolver precisavam dar um pouco a mais, a título de recompensa a quem alugou.

Com o tempo esse “um pouco a mais” precisou ser quantificado, para regulamentar melhor o aluguel desse dinheiro e, a partir daí, surgiu então este termo.

Hoje, sempre quando vamos fazer uma operação financeira que demanda tempo na sua operação, o fator juros entra como forma de remunerar quem empresta e também para proteger o capital de agentes corrosivos (desvalorização) como a inflação por exemplo.

Dessa forma, com o passar das décadas, surgiu então o conceito de juros simples, que significa a ação dos juros somente sobre a parcela do valor principal. Vamos exemplificar?

Pedro tomou emprestado de um amigo o valor de mil reais! Eles acordaram que daqui a um mês Pedro terá de devolver essa quantia com juros de dez por centro. Ou seja, o total de mil e cem reais.

Note que os juros foram calculados somente em cima do valor principal. A esse tipo de operação chamamos de juros simples, pois também existem os juros compostos.

Como Calcular Juros Simples?

Agora que sabemos corretamente o que são, podemos dar um passo além e ver como é fácil fazer seu cálculo.

Para isso, guarde muito bem a fórmula abaixo:

J = C x i x t

Onde J é o valor dos juros simples que queremos calcular.

C é o capital principal.

i é a taxa de juros aplicada na operação.

t é o período de tempo dessa operação, que pode ser mensal, bimestral, anual, etc.

Como o estimado leitor pode verificar, não há complicações, pois a aplicação da fórmula é simples e direta!

Exemplos práticos

Continuando com o exemplo do Pedro que demos mais acima, vamos entender como chegamos ao valor de mil e cem reais?

Bem, vamos relembrar: Pedro pegou mil reais emprestado de um amigo e combinou com ele de devolver o dinheiro no prazo de um mês com juros de dez por cento.

Como se trata de juros simples, vamos à aplicação direta da fórmula:

J = C x i x t

C = 1000 (capital principal emprestado pelo amigo)
i = 10% (taxa de juros combinada para a operação)
t = 1 meses ( aproximadamente sessenta dias)
J = 1000 x 0,1 x 1
J = 100 reais

Ao valor que será devolvido no final da transação chamamos de montante e para achá-lo basta então somar o capital emprestado mais o valor de Juros encontrado anteriormente, ou seja, M = C + j.

M = 1000 + 100 = 1100

Mais artigos relacionados:

E então, já ficou a saber como calcular juros simples em poucos minutos?

Deixe a sua resposta nos comentários junto com alguma dúvida ou sugestão com que tenha ficado após a leitura dos artigo.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *