Como Calcular Tempo de Contribuição?

Você já parou para pensar como calcular tempo de contribuição? Sabe como fazer? Tem interesse no assunto, pois afinal faz parte da vida de todos os cidadãos brasileiros?

Então recomendo que continue lendo o artigo para saber detalhadamente como esse tipo de cálculo é feito.

Com a agitação do nosso quotidiano, o tempo passa e nem fazemos ideia do valor total que já contribuímos para a previdência social e tão pouco quanto tempo de contribuição falta para conquistarmos o benefício da aposentadoria.

Será que esse cálculo é difícil de ser realizado?

Eis a missão do presente artigo, ou seja, mostrar que não existe nenhuma dificuldade para calcular tempo de contribuição e assim saber corretamente o tempo total que devemos ainda trabalhar e assim estabelecer planos, projetos, sonhos, etc.

Como Calcular Tempo de Contribuição

Grande procura nos postos de atendimento da previdência social

Em virtude das inúmeras propostas de mudança do tempo para obtermos a aposentadoria, pois existem hoje em curso muitos projetos sendo debatidos no Congresso Nacional (já que é praticamente certo que mudanças radicais irão acontecer a qualquer momento no método de cálculo), há atualmente uma grande corrida em todos os postos de atendimento do INSS do país para que o trabalhador consiga compreender como calcular tempo de contribuição.

Todavia, infelizmente ainda é muito comum o trabalhador buscar as agências de atendimento e sair de lá sem a informação desejada, pois: muitas vezes os terminais estão fora do ar, o cálculo não é feito na hora e é necessário marcar uma nova visita para ter a informação, além é claro, da sempre possível possibilidade de greve.

Portanto, continue lendo o artigo e obtenha informações valiosas sobre como calcular tempo de contribuição.

O que Esperar para o Futuro?

Como calcular tempo de contribuição atualmente também tem gerado muitas dúvidas, no entanto é bom sabermos que vivemos atualmente uma espécie de período de transição entre o método antigo e aquele que será aprovado no Congresso Nacional.

Para o futuro alguns especialistas afirmam que a aposentadoria por tempo de serviço irá terminar e que a idade mínima para requerer a aposentadoria daqui a alguns anos será de sessenta e cinco anos para os homens e sessenta e dois anos para as mulheres, considerando o trabalho urbano.

Regra para o Cálculo da Aposentadoria Atualmente

Atualmente, o cálculo do tempo de contribuição e, consequentemente, o período restante para requerer a aposentadoria se faz observando o tempo de contribuição e a idade do trabalhador.

Dessa forma, a pessoa esta apta para requerer a aposentadoria quando atinge o tempo de 35 anos de contribuição para homens ou 30 anos para as mulheres, considerando que trabalham nas cidades. Ou por idade, com 55 anos para homens e 53 anos para as mulheres (com tempo de contribuição mínima para a previdência social de 25 anos).

O contribuinte que esta há muito tempo no sistema da previdência, trabalhando com carteira assinada, deve atentar e ver qual das duas opções é a mais adequada às suas necessidades, pois muitas vezes vale a pena trabalhar dois ou três anos a mais do que reza a aposentadoria por idade e se aposentar por tempo de contribuição, onde a remuneração será integral e não proporcional.

Cálculo Tempo de Contribuição

A maneira mais prática e rápida para que o contribuinte consiga fazer uma simulação do seu tempo total de contribuição e o que lhe falta ainda para se aposentar pode ser feita diretamente no site da previdência social através do seguinte endereço eletrônico:

www.previdencia.gov.br/servicos-ao-cidadao/todos-os-servicos/simulacao

É necessário que o trabalhador tenha um computador minimamente atualizado para acessar a página, pois do contrário poderá ter alguma dificuldade na hora de processar os dados.

Recomendamos que antes de acessar o sistema, para facilitar a pesquisa, o trabalhador já deixe à mão: a carteira de trabalho, número do PIS ou PASEP ou Cartão de contribuinte individual, CPF e carteira de identidade.

Após acessar o site descrito acima, o trabalhador deverá clicar exatamente no campo que diz “calcular tempo de contribuição”.

Preencha os dados “de entrada” que são solicitados: o número do PIS ou PASEP ou Cartão de contribuinte individual, os caracteres que nos diferenciam das máquinas (só observar e copiar) e então clicar em próximo, onde então terá acesso ao formulário.

Quando terminar de preencher o formulário, o sistema automaticamente fará uma simulação do seu tempo de contribuição e quanto tempo resta para poder requerer a aposentadoria, contudo é muito importante lembrar que essa ferramenta é uma simulação aproximada e não substitui o cálculo oficial que só pode ser feito quando solicitado numa das agências da previdência.

E então, já ficou a saber como calcular tempo de contribuição para a aposendatoria?

Deixe a sua resposta nos comentários junto com alguma dúvida ou sugestão com que tenha ficado após a leitura dos artigo.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...
4 comments Add yours
  1. Sou professora na rede municipal trabalho a 15 anos e trabalhei em uma empresa 3 anos tenho 46 anos gostaria de saber quanto tempo ainda me falta para contribuir e com quantos vou aposentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *